sábado, 31 de janeiro de 2009

Rumo ao Calvário

Ao analisar a vida de Jesus, em especial seus últimos momentos, ou seja, a subida para o Calvário, somos surpreendidos pela sua atitude.
Atitude de entrega, de renúncia, de amor...
O cristianismo me facina. Não a religião, uma vez que creio que religião não leva as Adicionar vídeopessoas a lugar algum. Mas essa atitude de renúncia do Cristo, chamado Jesus.
O fato de Deus ter se tornado homem, para que o mesmo pudesse viver com Ele. O fato de renunciar sua glória, para que esse homem pudesse ter uma vida. Isso me facina. Isso me leva a ter esse Jesus como um Senhor total de minha vida, meu dono, meu mestre, meu Salvador.
Ao imaginar Seu sofrimento quando caminhava rumo ao Calvário é algo surpreendente. Não porque gosto do sofrimento, mas em pensar que a atitude de ir "como ovelha para o matadouro", calado, sem resmungar e sabendo que tudo foi por mim....ahhh....isso é fantástico.
Não quero jamais abandonar a minha fé. Muitos desistem da caminhada no meio do caminho. Muitos ao ingressarem em uma universidade, por achar tudo bonitinho, tudo novidade, acabam esqucendo de que alguém teve uma atitude corajosa, por amor.
Hoje na facul, ao conversarmos com alguns colegas, descobri que um dos colegas de classe, que no início do curso era cristão, hoje está afastado e decidido a caminhar com outros para longe da sua fé. Me entristeci com isso. Mas por que me entristeci?Pelo fato de saber que hoje, essa pessoa nega o Cristo fez por ela. Espero poder ver que esse colega reconheça hoje seu erro.
Pois é, caminhar rumo ao Calvário tem que ter coragem e sangue correndo nas veias. Como diz um irmão de fé "no céu frouxo não entra".
É isso, caminhar rumo ao Calvário nos leva a refletir que após ele, tem algo tremendamente melhor...a ressurreeição...mas isso é assunto para depois.
*como vocês viram, tem muito assunto para depois...mas vou falar sobre eles....kkk
abraços

Nenhum comentário:

Postar um comentário