quinta-feira, 7 de abril de 2011

Jubileu, um tempo de liberdade


E santificareis o ano qüinquagésimo, e apregoareis liberdade na terra a todos os seus moradores; ano de jubileu vos será, e tornareis, cada um à sua possessão, e cada um à sua família.” Levítico 25.10

De acordo com a Lei a cada cinquenta anos Israel vivia o Ano do Jubileu. Um ano em que a liberdade era declarada na vida de todos os moradores. Creio que mais do que nunca, o Senhor está convidando as pessoas a vivenciarem um novo tempo em suas vidas, um tempo de libertação, de restituição e de restauração.
A Igreja do Senhor está vivendo um tempo profético e apostólico. Um tempo de anunciar a Palavra da Verdade, um tempo de sairmos da zona de conforto e anunciar a vinda do Reino de Deus sobre a terra. Vivemos tempo onde a Palavra tem sido pregada de forma distorcida, e percebemos que a sociedade está cada vez mais longe da presença de Deus. Esta sociedade corrupta, violenta, está caminhando a passos largos para o inferno. Diante de tudo isso, se faz necessário que a Igreja do Senhor tenha uma mudança de mentalidade, de comportamento e tenha atitudes corretas, para assim influenciar esta geração perdida.
O que fazer? Para desfrutarmos da liberdade dada pelo Senhor, vamos compartilhar três atitudes que devemos ter, baseadas na Palavra de Deus. Logicamente que há várias atitudes, mas quero aqui destacar apenas três:

1º SANTIFICAÇÃO DIÁRIA: a Igreja do Senhor deve viver em santidade, em todo tempo. Isso é indiscutível. Precisamos entender que santidade é um mandamento, o próprio Senhor nos diz em I Pedro 1.15-16 “sedes santos”. Se observarmos o livro de Levítico, ele é cheio de instruções do Senhor para que o Seu povo se santificasse para poder se apresentar à Ele. Santidade é um posicionamento, é uma decisão. Nós decidimos se vamos ser santo, ou não. Observe o que Deus disse para Caim: “Se você fizer o bem, não será aceito? Mas se não o fizer, saiba que o pecado o ameaça à porta; ele deseja conquistá-lo, mas você deve dominá-lo” (Gn 4.7-NVI). Devemos dominar sobre os desejos que insistem em nos afastar da presença de Deus. Para desfrutarmos da liberdade que o Senhor nos dá, precisamos nos santificar, e isso é diariamente. A santificação é um processo, a cada dia nos aperfeiçoamos para podermos nos parecer com o nosso Mestre Jesus. Agora ser santo é uma decisão.

2º PROCLAMAR LIBERTAÇÃO: a segunda atitude que devemos ter é a de anunciar a liberdade que está em Cristo Jesus. No ano do Jubileu Israel deveria proclamar aos moradores da terra a libertação. Nós somos o Israel de Deus, e somos convocados a gritar para este mundo que somente em Cristo Jesus há liberdade. É engraçado como muitas pessoas pensar que servir a Deus é não ser livre. Pensam que ao se converter não poderão viver alegres, mas terão uma vida monótona. Pensam que eles são livres, porque podem até “beber socialmente”. Ledo engano, quem serve ao Senhor é livre, quem não serve vive aprisionado. Podem me dizer que “bebem socialmente” e que conseguem parar quando quiserem. Mentira! Não conseguem, sabem por que? Porque são escravos da bebida. A Igreja do Senhor Jesus, como representantes Dele na terra, deve anunciar a verdadeira liberdade que está Nele. Somos chamados para libertar. Isaías 61.1 nos diz que a unção do Senhor está sobre nós com um propósito claro, libertar aqueles que estão presos nas garras de satanás.

3º RECOMEÇAR A NOSSA HISTÓRIA: no ano do Jubileu, o povo era chamado a recomeçar a sua história, era chamado à restauração. Para desfrutarmos da liberdade, precisamos entender que o que era velho, já passou. O Senhor nosso Deus escreve uma nova história para as nossas vidas e famílias, é tempo de recomeço. Não tem como não seguir esse Deus. Ele nos dá uma nova chance no ano do Jubileu, no ano da libertação.

O Senhor nos convida a recomeçarmos neste tempo. Não sei como tem sido a sua história até aqui, mas sei que Deus te chama a viver esta liberdade que está Nele. O Senhor declara que o Ano do Jubileu chegou para você. Decida viver uma nova vida hoje e vivencie o milagre de Deus. Entre na dimensão do sobrenatural. O perdão de Deus está disponível para todos aqueles que com coração arrependido se achegar a Ele.
Neste Ano de Jubileu, santificação, confiança, fé e temor de Deus são imperativos. Ore agora ao Senhor, peça perdão pelos seus pecados e decida viver Nele e para Ele.

Que o Senhor seja contigo.
Apenas um servo,
Pr. Thiago Ferreira

*imagem extraída da internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário